Felipão e os pichadores

Passada mais uma rodada cheia de tropeços dos grandes, só pra variar, a demissão de técnicos passa a ser vista, especulada ou pedida como a solução para os problemas do mundo. Tite, Luxemburgo e Felipão são as bolas da vez.

Para ter uma ideia sobre o que pensam as torcidas de Corinthians, Flamengo e Palmeiras sobre as possíveis demissões de seus técnicos, apelei para uma breve enquete no Twitter. Após mais de 100 respostas, os resultados foram, resumidamente, os seguintes.

A grande maioria dos corintianos é pela permanência de Tite. Em relação a Luxemburgo, há uma divisão entre os flamenguistas, embora a maior parte tenha votado pela sua saída. Por fim, foi praticamente unânime (com exceção de um único voto) a posição dos palmeirenses pela permanência de Felipão.

Para não exagerar na extensão do post, trato agora sobre Felipão, deixando Luxemburgo para um próximo texto. Sobre Tite, o líder do Brasileirão (onde todos são irregulares, não apenas o Corinthians), não acho que haja muito o que desenvolver em relação à coerente preferência dos corintianos.

Felipão: "Tu imagina se eu tivesse um centroavante que faz gol? Unzinho!"

Sobre Felipão: ele parece ter sua demissão pedida apenas por meia dúzia de torcedores organizados (para mim, sempre com motivações dúbias) munidos de uma latinha de spray. Porque não é difícil entender a posição da maioria dos palmeirenses comuns, sem interesses políticos ou mesmo financeiros.

A 9 pontos da liderança, o Palmeiras ocupa hoje a 8ª colocação no campeonato, posição que parece mais ou menos condizente com o elenco que Felipão tem à disposição.

E embora os resultados não tenham chegado nas últimas rodadas, o técnico também pode argumentar que tem feito o time jogar mais do que os resultados fazem crer. Porque a equipe está há quatro jogos sem vencer, mas foi melhor (leia-se, criou mais chances) que seus adversários em três delas, contra Cruzeiro, Atlético-PR e Internacional.

O jogo contra o Inter foi emblemático: o Palmeiras teve 58% de posse de bola contra 42% do Internacional. Finalizou 26 vezes, contra 9 do rival. Mas tomou três gols de um centroavante como Leandro Damião, justamente o que lhe faltou para definir na partida (aliás, meio Leandro Damião lhe bastaria).

O problema tem sido recorrente, tanto que o time de Felipão é o que mais finaliza a gol em todo o Campeonato Brasileiro, embora tenha apenas o 13º melhor ataque do torneio. Ou seja: o Palmeiras joga bem (até melhor do que deveria pelos jogadores que tem), mas não marca.

Pelo que tem jogado, não é exagero dizer que a solução dos problemas palmeirenses, pensando no futuro, pode não ser tão complexa. Um investimento certeiro bastaria. Justamente porque Felipão montou um time onde não havia.

Some-se a isso que seus dois melhores jogadores, Kléber e Valdívia, por causa de lesões, convocações, propostas ou cartões estúpidos, atuaram juntos em apenas 8 dos 23 jogos do time no Brasileiro. A dupla que tecnicamente poderia fazer diferença em campo atuou, portanto, em pouco mais de um terço dos jogos. No Palmeiras de hoje, não há quem decida.

Pode-se argumentar que o técnico dispensou Wellington Paulista sem lhe dar sequer uma chance jogando como centroavante? Sim. Mas ainda que tenha sido um erro (não estamos falando de Ibrahimovic…) ele é pequeno perto da relação custo-benefício (o termo da moda no Palmeiras) de Felipão, que, apesar de seu gordo salário, ainda acumula no clube muitas das funções que deveriam caber a sua omissa diretoria.

Minha impressão? Sem Felipão, o Palmeiras desabaria. Simples assim.

Anúncios

Sobre Gian Oddi

Jornalista, é hoje comentarista dos canais de televisão ESPN e ESPN Brasil. Trabalhou por sete anos como editor da revista e do site de Placar. Em duas passagens pelo portal iG, onde esteve por mais de cinco anos, foi editor de esportes e editor-executivo de esportes, ciência e tecnologia. Morou por um ano em Roma, produzindo matérias para a Placar e outras publicações da Editora Abril. Do Brasil, foi colaborador do diário espanhol Marca. Editou por seis anos o blog A Bola na Bota, sobre futebol italiano.
Esse post foi publicado em técnicos e marcado , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Felipão e os pichadores

  1. Enzo Riccoli disse:

    Perfeito. Se o time está mal com o Felipão, vai ficar pior sem ele. Porque o time está jogando bem, mas não está ganhando… com outro técnico, a crise já ia ser enorme

  2. Romulo Arantes disse:

    Gian, você não acha que o Felipão pediu a mudança de contrato para poder sair do Palmeiras sem pagar multa e não para o Palmeiras poder demiti-lo?

    • Gian Oddi disse:

      Também fiz essa leitura no começo, pois a retirada da cláusula “beneficiaria” as duas partes. Mas o fato é que Felipão diz ter entregado o contrato assinado apenas com sua assinatura para a diretoria. Ou seja: nesse caso, a diretoria poderia usá-lo apenas se quisesse demiti-lo. Abs

  3. Sabrina Machado disse:

    Não fosse o Felipão certamente o Palmeiras estaria brigando para não cair. Nenhum outro treinador conseguiria manter o Luan no time com tamanha pressão. Mas o Felipão conseguiu dar um padrão no esquema tático e consertar a marcação. Falta mesmo alguém que faça a diferença na hora dos gols.
    Palmeirense de verdade jamais pediria a saída de um técnico que só faz bem ao time e ao clube.

  4. Arthur Rastelli disse:

    Pelo elenco que o Palmeiras tem a 8ª posição está ótima. Os 11 do Palmeiras não são ruins, mas não tem banco. Quando a gente percebe que o Adriano MJ faz falta no elenco é que a coisa está feia. Fora que, tira o Felipão e coloca quem?

  5. Keli Minatel disse:

    Como disse na sua enquete ontem, se Felipão sair o Palmeiras seria como uma familia órfão de pai e de mãe. Felipão mesmo admitindo suas dificuldades em corrigir o time, está entre os melhores no quesito “organizar taticamente” uma equipe. Prova disso que é campeão por diversas vezes e por equipes diferentes. Entendo, que “os pichadores” que plantam essa ideia teem a solução para o Palmeiras e/ou provam que são dotados de inteligência pífia fazendo esse tipo vandalismo reprovável.

  6. Ricardo M. Reis disse:

    Seria interessante perguntar aos que querem a demissão dos tecnicos empregados\que faria melhor que os mesmos

  7. andre pasqualini disse:

    Se o Felipao sair do Palmeiras e mudo de time. Felipão é um Manager, se ele sair teremos que organizar um protesto na frente da casa dele, todos os Palmeirenses ajoelhados, implorando pra ele ficar.

    Depois de tudo que ele fez pelo Verdão, a forma com que a diretoria o trata dá vergonha de ser Palmeirense

  8. RAGE ON disse:

    O pessoal continua a veneral o velho e técnico pela sua conquista de 99. Realmente, um dos maiores titulos. Porem,de la pra cá, o que temos são jogadores insatisfeitos com o seu comando, escalações de jogadores em posições erradas, time montado a partir do futebol de Luan´s e Assunçõe´s, deixando o futebol de Kleber o mercenario, e Valdivia, perdidos em campo. É o rei da teimosia e tem se mostrado arrogante. Um cara que ganha 700mil não pode se dar ao luxo de perder o comando do time. Um cara que ganha 700mil tem que ficar no minimo entre os 4. Pra que gastar tanto num cara que nem animar a torcida, anima? Ele vem a publico dizer “nao brigaremos por nada” … E tenho certeza de que não é só essa minoria que quer a cabeça dele. Conheço muitos que acham que sua teimosia ja deu o resultado já esperado de uma racha entre o grupo.

  9. Paulo Sergio Elias disse:

    Jean muito bem colocado, principalmente os dados numéricos, eu acredito que o erro do Felipão é pilhar muito o time e ainda não ter a colaboração do Santo na hora de manter a calma (vide o penalti contra o AP) e para complementar o que vc falou o salário do Felipão é pago pelos patrocinadores o Palmeiras só paga o IR. Um grande abraço.

  10. Pingback: Câncer organizado |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s