Como Leonardo virou técnico do Milan

O vídeo só vale para quem entende italiano. Mas, pra quem entende, vale muito. Trata-se de uma divertida “teoria” sobre como o Milan ‘convenceu’ Leonardo a aceitar virar técnico do time: sequestrando seus filhos em Milanello e ameaçando colocá-los como vítimas de uma carrinho de Flamini.

Uma vez ‘aceito’ o desafio, Leonardo passa a conhecer os planos do Milan para a temporada. Planos que incluem, entre outras coisas, a venda de Kaká, a aposta em nomes como Oddo e Jankulovski e a contenção de despesas até mesmo nas refeições oferecidas no centro de treinamento de Milanello.

Segundo a “teoria”, a finalidade da economia é Berlusconi poder gastar seu dinheiro com “putanne russe e ville in sardegna”.

É bem engraçado. Tanto que, apesar da fase, até mesmo Leonardo deve ter dado suas risadas…

Anúncios

Sobre Gian Oddi

Jornalista, é hoje comentarista dos canais de televisão ESPN e ESPN Brasil. Trabalhou por sete anos como editor da revista e do site de Placar. Em duas passagens pelo portal iG, onde esteve por mais de cinco anos, foi editor de esportes e editor-executivo de esportes, ciência e tecnologia. Morou por um ano em Roma, produzindo matérias para a Placar e outras publicações da Editora Abril. Do Brasil, foi colaborador do diário espanhol Marca. Editou por seis anos o blog A Bola na Bota, sobre futebol italiano.
Esse post foi publicado em técnicos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Como Leonardo virou técnico do Milan

  1. Riccardo disse:

    hahahahaha…. muito bom o Galliani falando pro Leonardo trazer uma marmita de casa!

  2. Cecílio disse:

    cara, esse blog é a coisa mais legal do mundo pra quem curte fut italiano! show.

  3. MArcos Aurélio disse:

    coitado do Leonardo… onde ele foi se meter? Periga essa teoria ser verdadeira…. hahaha

  4. César disse:

    gian, vc tá vendo o jogo da itália no sub20? animal!!!

  5. gladiatore disse:

    Carlo Ancelotti, entrevistado hoje, explicou claramente qual é o problema do Ronaldihno: “O problema é simples, tem que treinar”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s