Ibra e Kaká: foi tão diferente?

Coluna desta sexta no jornal Placar.

coluna2

 

 

 

O preço da ‘onesta’
De volta a Milão para enfrentar a Inter, time do qual foi o astro na conquista dos últimos Italianos, o atacante Zlatan Ibrahimovic, agora no Barcelona, foi vaiado por seus antigos fãs. Não foi uma surpresa. Mesmo quando ainda vestia a camisa da Inter, já campeão, o sueco havia recebido apupos por parte de sua torcida, irritada com as constantes declarações de que queria sair para jogar na Espanha.

Kaká, hoje no Real Madrid, também voltará ao estádio San Siro, onde brilhou com a camisa do Milan — as duas equipes se enfrentarão ali no dia 3/11. Sobre a reação dos milanistas para com o antigo ídolo, não há dúvidas: ouviremos aplausos e veremos faixas externando “saudade”, nossa palavra que os italianos mais apreciam. Críticas, quase certas, só para Berlusconi, por ter vendido o brasileiro.

A principal diferença nas histórias de Ibra e Kaká está nos discursos. Na prática, ambos deixaram as equipes onde reinavam para brilhar e/ou ganhar mais na Espanha — embora a Inter estivesse mais disposta a segurar o sueco do que o Milan a permanecer com o brasileiro. Mas Ibra assumiu seu desejo de sair. E Kaká disse que partia triste, por necessidade.

Não à toa, na última quarta, entre a minoria de torcedores da Inter que não vaiou Ibrahimovic, uma faixa se destacava: “Ibra, melhor sua ‘onesta’ que o jogo de cena do Kaká!”.

Ausência decisiva
Ronaldinho Gaúcho estar fora do time titular do Milan foi determinante para a vitória sobre o Olympique de Marselha pela Liga dos Campeões. Inzaghi, que ganhou um lugar na equipe graças à saída do brasileiro, marcou os dois gols. E Seedorf, que jogou na função em que Ronaldinho vinha tentando jogar, foi o melhor em campo.

Ausência sentida
Diego Armando Maradona Júnior, o filho italiano de Maradona, conquistou o scudetto de futebol de areia com o US Boys Caivanese. E se lamentou: “Todos da minha família argentina ligaram para me cumprimentar. Todos, menos meu pai. De agora em diante, também não vou mais procurá-lo”, disse o garoto, que tem 22 anos.

Anúncios

Sobre Gian Oddi

Jornalista, é hoje comentarista dos canais de televisão ESPN e ESPN Brasil. Trabalhou por sete anos como editor da revista e do site de Placar. Em duas passagens pelo portal iG, onde esteve por mais de cinco anos, foi editor de esportes e editor-executivo de esportes, ciência e tecnologia. Morou por um ano em Roma, produzindo matérias para a Placar e outras publicações da Editora Abril. Do Brasil, foi colaborador do diário espanhol Marca. Editou por seis anos o blog A Bola na Bota, sobre futebol italiano.
Esse post foi publicado em jogadores e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para Ibra e Kaká: foi tão diferente?

  1. César Arruda disse:

    Concordo, Gian… essa história de que o Kaká foi embora porque precisava não cola… é claro sque se ele quisesse, mexendo no bolsa, poderia ter ficado no Milan. MAs ninguém quer mexer no bolso, nem o futuro pastor….

  2. Eric disse:

    Que jogos vc vai comentar nessa rodada gian?

  3. Gian Oddi disse:

    Oi, Eric. Comento Napoli x Udinese, 12h55, na ESPN. E, no domingo, Cagliari x Inter, 9h55, na ESPN HD. Abs

  4. William disse:

    Não sei pq essa critica ao Kaká, os dirigentes quase chutaram ele tb.

    • Gian Oddi disse:

      William, não é bem uma crítica ao Kaká. Pelo contrário, acho que ele soube conduzir bem sua saída. Mas, talvez, a maior diferença entre os casos seja justamente a postura dos clubes

  5. Murilo disse:

    Gian,
    a coisa não é tão igual assim. Partamos do princípio que o Kaká está sendo cínico – que na verdade estava louco para sair do Milan – e Ibra sendo honesto. Pode ser verdade, mas até onde sei, isso está longe de ser uma certeza.
    Mas a história dos dois não começou aí. Kaká já tivera chances de sair antes (tudo bem, era para o Man City), por muito dinheiro, mas preferiu ficar (dizem, para desagrado da direção do Milan, que já contava com a grana). Já o Ibra deixava claro que qeria sair desde antes da temporada 2008-2009.
    E há a forma como os dois chegaram a Milão. Kaká não chegou triste ao Milan, é verdade. Mas não fora ele a forçar sua saída do SPFC: ele foi vendido à primeira boa oferta que chegou, em parte porque, sabe-se lá pq, a torcida do time do Morumbi tinha decidido pegar no pé dele.
    O Ibra, por seu turno, foi daqueles que se mandaram da Juve nem bem a decisão de rebaixá-la foi anunciada (assim como Vieira e Cannavaro, diga-se).

    • Gian Oddi disse:

      Murilo, não acho que o Kaká estivesse “louco” para sair. Mas acho que, dessa vez, não estava disposto a abrir mão de nada para ficar. Ele só não foi para o City, na minha opinião, porque é um jogador muito inteligente. Talvez o caso do Ibra seja diferente apenas porque ele até abriria mão de alguma coisa, mas para sair da Inter. Não para ficar.

  6. Cow Molester disse:

    Perfeita a tal faixa da torcida interista! Irretocável.
    E vale lembrar que a vontade de partir era tanta que a pastorzinha da esposa dele fez questão de frisar enquanto pregava (e o Youtube depois mostrava) que foi Deus quem botou o dinheiro lá no Real Madrid em plena crise econômica mundial. E foi essa gorjeta que o Todo Poderoso deu pro Florentino que tornou a mudança de ares que eles tanto queriam possível.
    Mas acho que tá certo, apesar das justificativas divinas. Até eu que sou mais bobo ia querer me mandar desse Milan atual.

  7. Renato disse:

    O Gian, acho que creditar uma vitória do Milan à ausência do Ronaldinho é muito errado. Ele pode não estar jogando e nunca jogara o que se espera dele, mas com exceção dos dois jogos que teve ma atuação(Livorno e Inter), ele vinha de um bom jogo na estreia do italiano e de, apesar dos resultados, boa pré-temporada individual.

  8. Perfeito, Gian. Na prática é a mesma coisa. Ponto.

  9. augustinho disse:

    Mas as diferenças são obvias, gritantes e nao entendo como uim cara que tem um espaço a disposiçao na midia pode ser tão superficial. A inter nao estava no vermelho, o Milan estava no vermelhão cor de sangue. 2-Ibramovic nunca foi chamado por sua torcida de ´luz de nossos olhos´.
    Kaka foi! 3- Ibra nunca recebeu um proposta escandalosa do tipo e do tamanho que a proposta feita ao brasileiro pelo Machester city. 4- Ibra é sueco, e seu futebol se encaixa bem na inglaterra, na Italia, na Espanha e na Alemanha pelo padrao de seu jogo. – Kaka não: é um virtuose q nao nega sua raiz brasileira, apesar de ter se tornado pratico. Pratico demais: por isso tinha todo o direito TECNICO de jogar num futebol menos duro, mais tecnico como o espanhol, onde seu talento e longevidade futebolistica em tese durariam muito mais! O bloguista nem tocou no assunto direito de prolongar sua vida esportiva´. Devia”
    Porque isso, independe de Kaka ganhar mais ou nao. Kaká iria p/madrid sem duvida, mesmo que fosse pra ganhar a mesmissima coisa! 5_ Fora o direito puro e simples de mudar de ares. Por ex. sou sampaulino, gosto do Miranda mas sou o primeiro a dizer que ele ja deu ao SP sua contribuiçao, e em alto nivel. Que vá ganhar melhor em outra parte. E nao vou vaiá-lo qdo jogar contra. A minoria imbecil que o faz nem merece registro.
    Ja vi e li isso, dito em outras pálavras por quem entende do assunto. Em suma, aplausos para o craque com camisa de qualqauer cor.

    • Gian Oddi disse:

      Caro, não neguei que Kaká e Ibrahimovic são diferentes: seja no estilo de jogo, na relação que tinham com suas torcidas ou no quanto queriam sair. Também não disse que Kaká não tinha direito de jogar no Real. Eu disse apenas que “o esforço para ficar” não foi assim tão diferente entre um e outro. E que Kaká conseguiu sair de bem com a sua torcida. Pelo que, aliás, merece aplausos. Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s